Notícias

Araçuai vive final de semana violento com assaltos e tentativa de homicídio

19 de Jan de 2019 | 10:00h

Em todos os casos nenhum suspeito foi preso ou detido.

Foto: arquivo
Portal de entrada da cidade
Fonte: Gazeta de Araçuai Araçuai, no Vale do Jequitinhonha, está se transformando em uma das cidades mais violentas da região.   Uma onda de  crimes se instalou na cidade nos últimos meses e praticamente todos os dias, a Polícia Militar registra ocorrências de atos violentos.   No  ultimo final de semana foram registrados cinco assaltos, um homicídio e uma tentativa de homicídio. Ninguém foi preso.   Na noite de sexta-feira, 24 de junho, um homem de 51 anos, foi assaltado quando transitava pela Rua Uberaba, no bairro Arraial. Dois homens usando uma moto, roubaram dele a carteira com documentos e R$ 180 reais.   No mesmo horário, uma distribuidora de gás também era assaltada, no bairro Nova Terra. O criminoso, usando capacete,  invadiu o escritório da empresa e de posse de um revólver, anunciou o assalto, levando uma bolsa com R$ 10 mil reais e chaves da casa de um dos funcionários. Ele fugiu à pé e se encontrou com um comparsa que o esperava em uma moto nas proximidades.  
Padaria assaltada está localizada na principal rua do Alto do Mercado.Padaria assaltada está localizada na principal rua do Alto do Mercado.
  No sábado, 25 de junho 2016, por volta das 19h40, a funcionária de uma padaria no Alto do Mercado, foi surpreendida por um homem, quando ela se preparava para fechar o estabelecimento. Utilizando um revólver, ele rendeu a vítima e outros funcionários que estavam no local e anunciou o assalto, levando do caixa R$ 500 reais.   De acordo com a ocorrência policial, as vítimas não ofereceram resistência e mesmo assim, uma delas foi agredida com uma coronhada no braço.   O assaltante fugiu na garupa de uma moto, com um outro comparsa,  rumo à BR-367.   Ainda na noite de sábado (25) por volta das 19 horas, um homem foi assaltado e espancado na comunidade de Baixa Quente, zona rural do município.   Ele contou que seguia para casa quando nas proximidades da escola do lugar, ele foi abordado por dois elementos armados com revólveres e montados em uma moto.   Os bandidos roubaram a pochete dele, contendo R$ 150 reais, e ainda o espancaram sem nenhum motivo aparente.   O homem sofreu ferimentos na cabeça e clavícula e hematomas no olho esquerdo. Ele foi atendido no hospital da cidade e não corre risco de morte.   Aos policiais, a vítima relatou que não foi possível reconhecer os autores nem a marca e cor da moto usada por eles, porque o local estava escuro.   Tentativa de homicídio   Na madrugada de domingo (26) por volta das 4 da manhã, ainda na Comunidade da Baixa Quente, um rapaz de 26 anos, sofreu uma tentativa de homicídio.   Ele relatou aos policiais que compareceram na localidade, que estava com um grupo de 4 amigos nas proximidades do campo de futebol. Que em determinado momento, um casal se aproximou, e a mulher começou a conversar com um deles.   Enciumado, o marido dela, de 36 anos,  sacou um revólver e atirou contra ele que foi alvejado na região lombar, pescoço e face. O jovem foi levado para o hospital da cidade e seu estado de saúde é estável.   No hospital ele revelou para os policiais que conhece o autor do crime mas que nunca teve com ele, qualquer desavença.   A PM esteve na comunidade para checar a história mas não localizou nem as testemunhas nem  o autor dos tiros.   Mais assaltos  
Posto de combustíveis já foi alvo de outros assaltos.Posto de combustíveis já foi alvo de outros assaltos.
  Na noite de domingo, 26 de junho, por volta das 21 horas, um posto de combustíveis, localizado na rua Benjamim Constant, no bairro Esplanada, também foi assaltado.   O frentista, de 39 anos, contou que um homem de estatura mediana, usando uma blusa moleton escura e com o rosto encoberto por um pano, apontou o revólver para ele e anunciou o assalto, levando do caixa R$ 100 reais.   Minutos antes, o  mesmo assaltante invadiu uma mercearia nas proximidades do posto,  e obrigou o proprietário, de 56 anos,  a entregar-lhe todo o dinheiro do caixa, cerca de R$ 120 reais, fugindo em seguida rumo ao posto.     Homicídio   Na noite de quinta-feira, 23 de junho, no bairro Canoeiro ( Mutirão), um rapaz de 21 anos, foi morto com 15 tiros.   A motivação e autoria do crime são desconhecidas.   Em todos os casos nenhum suspeito foi preso ou  detido.   Sem solução   Ano passado, uma audiência pública da Comissão de Segurança da Assembléia  Legislativa de MG, discutiu o tema violência, com a comunidade, durante encontro realizado na Câmara de Vereadores.   Pouco coisa mudou e praticamente nenhuma ação efetiva foi tomada para o controle da violência na cidade. Das ações discutidas, foi nomeado apenas um delegado, dos dois que a cidade comporta, e mudança no Comando da Polícia Militar, que em Araçuai, foi elevada a Companhia Militar.   De lá para cá, cresceram os furtos de motocicletas, de celulares, além de assaltos em vias públicas e a estabelecimentos. Mesmo com efetivo pequeno, a PM conseguiu solucionar alguns casos com a apreensão de veículos e prisão de suspeitos.   Nesta segunda-feira (27) a Polícia Militar, através do departamento de Comunicação da Companhia, informou que ainda não possui um plano traçado para enfrentar o problema da violência que eclodiu na cidade nas últimas semanas. Faltam viaturas e policiais.   " Vamos nos reunir ainda hoje com o Comandante da Companhia para elaborar ações de repressão e combate ao crime", informou o Sargento Ernani Martins, do departamento de Comunicação.   Fonte: Gazeta de Araçuai  


Voltar as notícias

A PHP Error was encountered

Severity: Core Warning

Message: PHP Startup: Unable to load dynamic library '/opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/apcu.so' - /opt/cpanel/ea-php56/root/usr/lib64/php/modules/apcu.so: cannot open shared object file: No such file or directory

Filename: Unknown

Line Number: 0

Backtrace: